O Município de Pacajá tem o primeiro laticínio registrado através do Serviço de inspeção Municipal – SIM

0

Agroindústria de Pacajá recebe o selo de qualidade (SIM / POA)

Preocupados em oferecer serviços e produtos de qualidade aos munícipes de Pacajá, Prefeitura Municipal e Secretaria de Desenvolvimento Econômico buscam oferecer e capacitar os empresários locais. Agora o laticínio Santa Monica, localizado na Av. Transamazônica, empresa Pacajaense, juntou o útil ao agradável: boas práticas e produtos de qualidade, agregando valores onde, quem ganha é o consumidor.

Com o selo de qualidade, a empresa está habilitada a comercializar os produtos de forma legal no Município. O Laticínio Santa Mônica irá produzir, queijos tipo, coalho, mussarela e leite pasteurizado integral. Daves Oliveira Barbosa, empreendedor do município nos contam que é um passo importante para o crescimento empresarial, além de oferecer aos munícipes produtos de qualidade e de boa procedência.

“Com o certificado, há possibilidade de vender meus produtos para a prefeitura por meio da merenda escolar”, comemora o empresário.

Conheça o Serviço de Inspeção Municipal – SIM

O Serviço de Inspeção Municipal – SIM, é o certificado de inspeção e regularização para estabelecimentos que produzem alimentos de origem animal e vegetal, sua função é garantir a qualidade dos produtos que são produzidos e comercializados no Município.

Em Pacajá, o SIM foi criado através da Lei de Criação: nº 378, de 10 de junho de 2013 e Decreto municipal: Nº 117/2017 de 15 de março de 2017.

A responsável pelos produtos de origem animal da Secretaria de Desenvolvimento Econômico é a médica veterinária Thayanne Lobato Loch – Médica e Sheila Doria Moreira – Engenheira Agrônoma pelos Produtos de Origem Vegetal. Toda equipe da secretaria se empenharam para que essa conquista viesse a se tornar realidade no município.

O “SIM” foi criado para garantir segurança ao consumidor, quanto, ao consumo de carnes, leite, queijos, ovos, mel, demais produtos de origem animal e de produtos de origem vegetal. Segundo o Secretário de Desenvolvimento Econômico, Ricardo Adriano, “Muitos são os malefícios do consumo de produtos que não são beneficiados e que não é manuseado dentro das normas sanitárias, proporcionando agravo a saúde pública como em casos de gastroenterites e intoxicações”.

Pacajá vem conquistando seu espaço entre os municípios paraense, e é com felicidade em meu coração que vamos entregar no dia 10 de maio oficialmente o “O selo do SIM” ao laticínio Santa Mônica. “A   regularização dar, a possibilidade aos pequenos produtores que até então são classificados como clandestinos de se tornarem aptos a ofertar o melhor produto aos consumidores”. Comenta o prefeito, Chico Tozetti.

O consumo de produtos de origem animal e vegetal certificados através do SIM indicam que o alimento foi produzido dentro dos padrões de qualidade, garantindo a segurança alimentar da população Pacajaense, bem como movimentando a economia do município, através da aquisição dos produtos das prateleiras de mercados e supermercados locais.

Aquisição do Selo SIM

Os produtores rurais que têm interesse em registrar sua produção para atestar a qualidade do produto e comercializar legalmente em todo o Município de Pacajá, devem procurar a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico – SEMDE, e os demais que estão fora da região de Pacajá, devem procurar o órgão responsável do seu município para se regularizar.

O Produtor será orientado pela equipe técnica da SEMDE, composta por médica Veterinária, Engenheira Agrônoma e técnicos Agropecuários, a fazer o levantamento da documentação necessária, e seguir as normas vigentes para a regularização, que inclui desde a escolha do terreno onde será instalado a agroindústria até ao rótulo do produto, ou seja, todos os procedimentos necessários para que mesma se adeque no que preconiza a legislação sanitária.

Por Ana Freitas

Fonte – Secretaria de Desenvolvimento Econômico

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.


Acessibilidade
Acessibilidade